CÔCO FAZ BEM OU MAL PARA A SAÚDE?

VERÃO CHEGANDO E O CONSUMO DE ÁGUA DE CÔCO NOS LITORAIS AUMENTAM.

TODO CUIDADO É POUCO!

Ao analisar a composição nutricional do óleo de coco, é impossível afirmar que este seja um alimento saudável para o coração. Uma colher de sopa do óleo contém aproximadamente 11 gramas de gordura saturada – mais da metade do limite diário recomendado para um indivíduo adulto. O produto tem mais gordura saturada que a manteiga, a banha ou o bacon. Estudos em humanos demonstraram que este óleo eleva os níveis de LDL (mau colesterol) no sangue, que por sua vez aumenta o risco do desenvolvimento de aterosclerose e suas complicações, como as doenças cardiovasculares (infarto agudo do miocárdio) e cerebrovasculares (derrame cerebral).
Atualmente alguns segmentos da indústria alimentícia estão testando o óleo de coco como substituto da gordura vegetal hidrogenada, que contém as temidas gorduras trans. Ambos elevam o LDL. Porém, enquanto a última diminui o HDL (bom colesterol), o óleo de côco tende a aumentá-lo, mas não o suficiente para compensar os seus efeitos prejudiciais no LDL. Não tome isso como uma liberação para o consumo do produto, pois a melhor opção à saúde cardiovascular seria substituir as gorduras trans pelas insaturadas. No entanto, o óleo de côco é uma alternativa preferível à gordura vegetal hidrogenada na fabricação de alimentos, quando o produto exige consistência sólida, pelo menos até que surjam outras opções.
Nos últimos anos, óleo de côco vem sendo veiculado Internet como um aliado da saúde, com alegações de prevenção às doenças cardíacas, câncer e fibromialgia, controle do diabetes, melhora do sistema imunológico, aumento do metabolismo e da função tireoidiana, e coadjuvante na perda de peso, entre outras. Infelizmente, não existem evidências científicas comprovando qualquer uma destas propriedades em humanos.
Então, é preciso evitar o côco? Não. Você pode continuar bebendo a água de côco. O fruto fresco é delicioso, e ralado torna-se um atrativo em preparações culinárias como bolos e granola. Além disto, quem pode resistir aos pratos que levam leite de côco? Mas, para cuidar do seu coração, pense nestas opções alimentares como prazer ocasional e não como escolha diária.
Enfim, é necessário ficar atento. Quando a propaganda de um produto for boa demais para ser verdade, ou seja, faz declarações atraentemente simples para problemas complexos, diz o que a maioria das pessoas quer ouvir e soa como mágica, menor é a probabilidade da sua validade.

About these ads
Esse post foi publicado em CONTATO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s